Loading...

INAUGURA EM FAXINAL LOJA RIO MÓVEIS



Morre o paraibano Deodato Borges, criador de um dos primeiros super-heróis brasileiros

( Deodato Borges (esq.) e seu filho, Mike Deodato )
 ( Imagem da revista "O Flama", de Deodato Borges )



Mike Deodato Jr. assumiu esse nome para facilitar sua entrada no mercado americano de quadrinhos. Seu nome de batismo é Deodato Taumaturgo Borges Filho, hoje uma das maiores estrelas dos gibis de heróis -alicerce do novo Universo Marvel. Mas, como o nome entrega, Mike não seria Mike se não fosse seu pai, Deodato Taumaturgo Borges, que faleceu na manhã desta segunda-feira (25), aos 80 anos. Ele foi o criador, em 1961, de um dos primeiros super-heróis brasileiros (o primeiro paraibano), chamado O Flama, uma mistura de "The Spirit" e "Jerônimo, O Herói do Sertão". De acordo com o Jornal da Paraíba, o artista, roteirista e jornalista combatia um câncer nos rins e havia feito uma cirurgia recente para a retirada de um dos órgãos. Ele estava passando por sessões de hemodiálise quando teve duas paradas cardíacas e não conseguiram reanimá-lo. Conheci Deodato Borges quando ainda era estudante, nos anos 90, em João Pessoa. Na época, ele transitava entre órgãos de imprensa estatais, como o jornal "A União" e a rádio Tabajara. Generoso, não se importava de dar dicas para estudantes. Ou oportunidades. Foi assim, em parceria, que levou Mike Deodato para o mundo dos quadrinhos: roteirizou "3000 Anos Depois", uma revista em preto e branco desenhada pelo filho e lançada em diversos países nos anos 1980. "O Flama" veio de um programa radiofônico que conduzia em Campina Grande, segunda maior cidade da Paraíba e seu local de nascimento. Se tornou tão popular entre as crianças, que virou gibi. No formato, outro fenômeno: a revista não conseguia nem mesmo chegar às bancas, porque se esgotava na entrada da gráfica em que era produzida. Durante o período de estudante, Mike Deodato virou um dos meus grandes amigos. Escrevi a primeira capa de uma "revista multinacional", a extinta e saudosa "Wizard", com uma grande entrevista com o desenhista, na época de sua passagem pela Mulher-Maravilha. Deodato Borges era um artista que deveria ter sido mais reverenciado. Em novembro, ganharia uma homenagem na Brasil Comic Con, em São Paulo, e espero que continue com a programação. Seria uma bela maneira de manter o Flama, como Mike Deodato chamava o pai, aceso. 
   

CHARGE DO DIA

     fonte: blog do lute

ELEIÇÕES 2014 PARA PRESIDENTE PAU A PAU NO PARANÁ - Ibope aponta: Marina Silva, 29%, Dilma, 28%, e Aécio, 24%


Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (25) aponta que a Marina Silva (PSB) tem 29% das intenções de voto para a Presidência da República no Paraná. Ela é seguida de Dilma Rousseff (PT), com 28%, e Aécio Neves (PSDB), com 24%. Esta é primeira pesquisa de intenção de voto feita pelo instituto no Paraná sobre a eleição nacional, após o registro das candidaturas.


A pesquisa foi encomendada pela RPC TV.

Pastor Everaldo (PSC) tem 2%, e Eduardo Jorge tem 1%. Brancos e nulos somam 8%, e outros 8% não responderam. Os candidatos Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB), Luciana Genro (PSOL), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO), e Zé Maria (PSTU) somam, juntos, 1%.

Veja os números do Ibope para a pesquisa estimulada (em que a relação dos candidatos é apresentada ao entrevistado):

Marina Silva (PSB) - 29% das intenções de voto

Dilma (PT) – 28%

Aécio Neves (PSDB) – 24%

Pastor Everaldo (PSC) – 2%

Eduardo Jorge (PV) – 1%

Outros com menos de 1% - 1%

Brancos e nulos - 8%

Não sabe ou não respondeu - 8%

A pesquisa foi realizada entre os dias 21 e 23 de agosto. Foram entrevistados 1.008 eleitores em 59 municípios do estado. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de três pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) sob o número 00411/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR- 00411/2014.
fonte: G1

CAMPANHA DE GLEISI VEM CRESCENDO NO PARANÁ

A candidata a governadora Gleisi Hoffmann fez neste sábado (23) uma grande caminhada pelo calçadão da Rua Coronel Cláudio, no centro de Ponta Grossa. Ela foi recebida com muita alegria e otimismo pelos pontagrossenses, que mostram cada vez mais confiança na vitória da candidata da coligação Paraná Olhando Pra Frente para administrar o Estado. A caminhada começou no Ponto Azul e seguiu até o terminal urbano de ônibus. Durante todo o trajeto, Gleisi esteve acompanhada do candidato ao Senado, Ricardo Gomyde. Recebeu abraços, conversou com moradores e comerciantes, posou para fotos e ouviu as declarações de apoio. “Assisti uma entrevista e tenho certeza que Gleisi é a mais preparada para ser governadora. Ela vai reestruturar a Emater e ajudar os produtores rurais do estado”, disse a funcionária pública Sueli de Fátima Barbosa. “A Gleisi tem capacidade de ampliar no Paraná os programas do governo federal, principalmente na área da educação, como o Prouni e o Pronatec”, complementou a estudante de Direito da Universidade Estadual de Ponta Grossa, Isabela Boggo. Gleisi agradeceu o incentivo e afirmou que deseja ser governadora para cuidar dos paranaenses. “É muito gratificante poder sentir a energia da população em cada abraço. Dá para ver nos olhos das pessoas que os paranaenses querem mudança, querem um governo comprometido de verdade com a qualidade de vida das pessoas.”
Compromissos
Além do encontro com os pontagrossenses no calçadão, Gleisi Hoffmann cumpriu uma agenda cheia no município. Participou do lançamento das candidaturas de Marcio Paulik (PDT) e Péricles Mello (PT), como candidatos estaduais, almoçou com empresários no Sindicato das Empresas de Trasnporte de Cargas, caminhou pelo conjunto residencial Londres/Panamá - obra referente ao projeto Minha Casa Minha Vida – onde trocou informações com moradores e reuniu-se com lideranças evangélicas da cidade.

Regras para utilização e compra de extintores de incêndio mudam a partir do ano que vem


A partir do primeiro dia do ano que vem, os veículos automotores só vão poder circular equipados com extintores de incêndio com carga de pó ABC. Por isso, o Detran alerta para o prazo máximo das alterações e traz algumas especificações da Resolução do Conselho Nacional de Trânsito sobre o tema. O diretor-geral do Detran, Marcos Traad, disse que além da troca da carga, os proprietários devem ficar atentos com relação à capacidade e validade dos extintores. De acordo com o Instituto de Pesos e Medidas do Estado do Paraná, o Ipem, o novo extintor tem adicionado na composição a substância necessária para combater incêndios do tipo A, como, por exemplo, no estofado do carro. Os extintores de incêndio de pó químico tipo BC, que equiparam os carros fabricados até 2004, têm capacidade de combater princípios de incêndios de líquidos inflamáveis e equipamentos elétricos. Já os de carga ABC atuam um pouco além, nos princípios de incêndios de sólidos, papel, madeiras e tecidos. Segundo o gerente de Fiscalização de Produto do Ipem, Roberto Tamari, afirma que os motoristas só vão poder usar extintores descartáveis. Conduzir o veículo sem equipamento obrigatório ou estando este ineficiente é uma infração grave, segundo o artigo 230, do Código de Trânsito Brasileiro. A penalidade gera uma multa de 127 reais e 69 centavos, mais cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação do dono do veículo.

FAROÉSTE EM FAXINAL - BANDIDOS INVADEM FERRO VELHO E TROCAM TIROS COM POLICIA MILITAR.

GRAER DA POLICIA MILITAR É CHAMADA PARA DAR APOIO TÁTICO A POLICIA MILITAR DE FAXINAL.

Uma Sena de faroeste caboclo foi registrado na cidade de Faxinal nesta Segunda Feira 25/08, tudo teria começado, quando por volta das 13 horas bandidos entraram em um Ferro Velho nas proximidades do Conjunto JK, PARQUE INDUSTRIAL. Os meliantes abordaram o comerciante dentro do Ferro Velho e queriam dinheiro, ao saber que não tinha, começaram a atirar, sendo que um dos disparos atingiram o comerciante de nome Amilton Luiz de França na perna. Na fuga, fugiram em uma moto furtada em Mauá da Serra, que foi localizada pela PM de Faxinal na região dos Pinheirinhos sentido Mauá da Serra. No confronto, atiraram contra os policias de Faxinal que revidaram vindo a atingir um dos bandidos identificado como sendo Bruno Fernandes da Silva no tórax , já o outro entrou em uma mata fechada, sendo assim chamado o GRAER ( Grupo Aéreo - Policia Militar ) para apoio. A Policia da Região esta em Alerta para identificar o segundo bandido que até o momento não foi localizado.

Saiba quais são os serviços que o banco não pode cobrar de você


Já parou para pensar que você pode estar pagando por serviços bancários que deveriam ser gratuitos? A cobrança irregular de tarifas foi a terceira maior causa de reclamações fundamentadas contra os bancos no Banco Central (BC) em junho. Só ficou atrás de débitos não autorizados em conta e restrição à portabilidade no crédito consignado. Se as taxas cobradas por seu banco estiverem no grupo dos chamados serviços essenciais, você pode exigir que não haja custos por sua utlização. Os bancos são obrigados, por uma resolução do Banco Central, a divulgar a tabela com os serviços essenciais em local visível, tanto nas agências físicas quanto na internet. A regra vale para conta corrente e poupança. Há também os chamados serviços prioritários, estes sim com cobranças definidas por cada banco. Incluem-se aí transferências de dinheiro e operações de crédito. As tarifas também devem estar à disposição do cliente e, quando reajustadas, as instituições são obrigadas a disponibilizar as novas tabelas.

1. Até quatro saques por mês, no caixa, inclusive cheque ou cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento

2. Serviço de compensação de cheques

3. Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar apenas meios eletrônicos

4. Consultas a saldos e extratos pela internet

5. Até dez folhas de cheque por mês, desde que o cliente tenha os requisitos para sua utilização

6. Fornecimento de cartão com função de débito

7. Fornecimento de segunda via do cartão de débito, exceto em caso de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos

8. Até dois extratos por mês com a movimentação dos últimos 30 dias por guichê de caixa ou terminal de autoatendimento

9. Até duas transferências de recursos entre contas na própria instituição, por mês, em caixa, em terminal de autoatendimento ou pela internet

10. Fornecimento, até 28 de fevereiro de cada ano, do extrato consolidado, mês a mês, e tarifas cobradas no ano anterior.
Por Taís Laporta - iG São Paulo - economia.ig.com.br/financas/meubolso


O MORTO VIVO: Declarado morto em hospital da Bahia, homem é retirado vivo de saco fúnebre.


Um senhor de 54 anos declarado morto por um médico do Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, foi encontrado vivo, duas horas depois, quando já estava dentro do saco fúnebre, na madrugada deste domingo (25). A família conta que Valdelúcio vem se tratando de um câncer em estágio avançado e no sábado (23) ele sentiu uma falta de ar e foi levado para o hospital. Lá, os médicos informaram que ele teve duas paradas cardíacas, tentarem fazer a reanimação, mas os médicos disseram que ele havia falecido. Em seguida, a equipe médica retirou os aparelhos que estavam conectados a Valdelúcio e o colocou dentro do saco fúnebre. Duas horas depois, a família foi ao necrotério do hospital para trocar a roupa de Valdelúcio, quando percebeu o saco fúnebre balançando. Chamaram os médicos, que vieram e levaram ele de volta ao quarto. Após ser retirado do saco fúnebre, Valdelúcio está consciente e lúcido no quarto hospitalar. Os familiares já tinham recebido o atestado de óbito e providenciado o caixão e enterro.
Fonte >> Blog Jean Souza - http://www.noticiadaserra.com/

POLÊMICA EM FAXINAL - PROMOTOR FALA SOBRE DENÚNCIADOS POR DESVIO DE MATÉRIAIS DE CONSTRUÇÃO DE CASAS POPULARES

Em entrevista ao repórter Julio Cezar da Radio Club de Faxinal, o promotor de justiça da Comarca de Faxinal, falou sobre o assunto e esclareceu que o caso é de novembro de 2005 e Dezembro de 2006. São 8 denunciados e apenas 1 de Faxinal. O inquérito foi aberto em 2007 e somente agora a promotoria aceitou denúncia. O Promotor também fala que a atual administração não tem vínculo algum com o caso. 

                     

VEJA A NOTA DO MINISTÉRIO PÚBLICO EMITIDA NO SITE ABAIXO:


20/08/2014 - FAXINAL - Funcionários públicos são denunciados por desvio de materiais de programa habitacional

O Juízo de Faxinal (Região Norte do Estado) aceitou denúncia, formulada pelo Ministério Público do Paraná, contra oito pessoas pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. A acusação, oferecida pela Promotoria de Justiça da comarca, aponta desvios de materiais que deveriam ser usados na construção de 170 casas populares de um programa habitacional. O inquérito, que originou a denúncia, começou após o furto do barracão de uma loja de materiais de construção, localizado no município de Novo Itacolomi. Durante as investigações, foi constatado que grande quantidade de produtos oriundos da obra pública de Faxinal estava armazenada no barracão. Isso teria ocorrido em função da prática recorrente de desvio de materiais do almoxarifado do conjunto habitacional, por parte de servidores públicos e de trabalhadores da obra. Os denunciados (dois mestres de obras, um supervisor de obras, dois funcionários públicos, um comerciante, uma auxiliar de enfermagem e um motorista) teriam se apropriado dos materiais elétricos e de construção tanto para uso particular quanto para a revenda. Segundo a Promotoria de Justiça, os funcionários se associaram em caráter permanente e definitivo com o propósito de desviar materiais de construção e materiais elétricos da obra pública, caracterizando a prática do crime de peculato (desvio de dinheiro ou bem público pertencentes ao Estado) e formação de quadrilha. Se condenados, eles poderão ser condenados as penas de reclusão por um período variando entre dois e doze anos, além do pagamento de multa.


Informações para a imprensa com:
Assessoria de Comunicação
Ministério Público do Paraná
(41) 3250-4228 / 4469 / 4439

20/08/2014